14 de agosto de 2022 - 01:11

Esporte

23/05/2022 08:23

Cuiabá desistiu de contratar Técnico Português

Negociações estavam bem adiantadas. O desacerto foi entre um dos agentes da operação

Da Reportagem

Benedito Albuquerque

 

O Cuiabá Esporte Clube, recém-eliminado da Sul americana e que nesse momento busca se firmar no brasileirão, pra ficar bem distante do Z4 (rebaixamento para a Série B), tentou a contratação de um técnico europeu, nos últimos dias. O clube cuiabano, cujo símbolo é o peixe dourado, muito apreciado na culinária regional, está em 15º lugar na tabela de classificação geral da Série A, a principal competição do Futebol Brasileiro.  

O clube cuiabano que se encontra sem técnico desde a demissão de Luis Carlos de Oliveira Preto Pintado) está, atualmente, sob o comando interino do Auxiliar Técnico Luiz Iubel,  estava em negociações avançadas para trazer para a capital mato-grossense, um técnico europeu, no caso o português João Alexandre Oliveira Nunes Henriques, (licença UEFA PRO). Aliás, esse é um detalhe interessante, porque no futebol nacional já vem atuando diversos técnicos estrangeiros, como portugueses, argentinos e outras nacionalidades.   

Segundo informações locais, oriundas de pessoas próximas que circulam no meio esportivo local e de outros centros esportivos do país, o técnico português foi uma indicação de empresários e amigos dos dirigentes do clube cuiabano, que, ficaram sabendo da preferência do clube por técnico estrangeiro. E caso a negociação fosse efetivada, o treinador João Henriques seria, historicamente, o primeiro técnico estrangeiro a comandar o time cuiabano, que cumpre o seu 2º ano consecutivo na Série A do brasileirão 2022.   

Negociações

O Cuiabá Esporte Clube ofereceu ao técnico João Enriques um contrato inicial de 6 meses, com a garantia em contrato, caso fizesse um bom trabalho no comando da equipe, que o seu contrato seria automaticamente renovado por um período maior  e, logicamente, com o devido aumento para ele e sua comissão técnica.  Na proposta consta ainda a hospedagem para ele e sua comissão técnica (Auxiliar Técnico, Preparador Físico e Preparador de Goleiros). Segundo avaliou um renomado jornalista esportivo paulista, acostumado em noticiar pautas de contratos internacionais de técnicos e jogadores, uma comissão técnica completa de além-mar não viria por menos de € 150/200 mil mensal. 

Negociações temporariamente suspensas

Conforme informações apuradas, cuja fonte, logicamente, preferiu permanecer no anonimato, as negociações foram temporariamente suspensas. E não se sabe ainda da real motivação de tal interrupção, porque não quiseram falar dos detalhes, em que não se sabe ainda se houve um desacordo em algumas das cláusulas contratuais, que, como se sabe, são cheias de detalhes técnicos e, principalmente, quando são firmadas entre profissionais de países diferentes. Será que houve algum desacordo em valores, ou em alguma comissão firmada entre os agentes envolvidos? As negociações começaram por volta de 05/05 e foram suspensas em 20/05.  

Sabe-se que o técnico português, João Henriques já estava, inclusive, com viagem marcada para Cuiabá, para ele e sua equipe de trabalho.

Resumindo: as tratativas da possível contratação do técnico português para o Cuiabá Esporte Clube, João Henriques, estão temporariamente em “stand bay”.     

Inédito em Cuiabá

Caso o Cuiabá Esporte Clube efetivasse a contratação do técnico João Henriques, seria uma atração a parte no futebol mato-grossense, ciando expectativas para que outras equipes fizessem o mesmo.   

Avaliação técnica de alguns jogos do Cuiabá

Surgiu a informação de que o técnico português já estava com o seu trabalho a pleno vapor, pois já vinha analisando o maior número possível de partidas realizadas pelo time cuiabano, inclusive, suas mais recentes participações no brasileirão, sul-americana, mato-grossense 2022 e Copa do Brasil 2022.  

“O clube terá de se reforçar em alguns setores estratégicos, para fazer apresentações mais tranquilas”, avaliou o treinador português.

Reforços europeus para o Cuiabá?

Quanto a possibilidade do treinador pedir ao Cuiabá, a  contratação de algum jogador europeu com quem ele trabalhou, ele disse “no momento não”.

Empresa Especializda em Agenciamento e intermediação

A empresa que estava intermediando junto ao Cuiabá Esporte Clube, a contratação do técnico português João Henriques, é muito conhecida no futebol internacional, principalmente em Portugal, onde está sediada. Um dos Sócios-Proprietários dessa renomada empresa disse que já fez muitas negociações internacionais de jogadores e técnicos, inclusive no Brasil, onde possui excelentes contatos empresariais, ora empresariando negociações ou, mesmo, intermediando transferências desses profissionais.

 


Copyright  - MT HOJE  - Todos os direitos reservados