19 de fevereiro de 2019 - 07:34

Gastronomia

Macarrão da Mamma

Ingredientes
 
Modo de preparo

Cozinhe o macarrão em água fervente com sal, até que esteja al dente.

Enquanto isso derreta a manteiga com o azeite em uma panela e doure a cebola, o alho e o salsão.

Adicione 1 xícara de extrato de tomate e os tomates picados e mexa bem.

Junte a carne moída, a linguiça e cozinhe.

Após 15 minutos, adicione o vinho branco e deixe borbulhar.

Coloque o açúcar, louro, orégano, e o extrato de tomate restante.

Deixe cozinhar por 30 minutos em fogo brando (160 ºC).

Escorra o macarrão e adicione o molho.

Misture bem, polvilhe o queijo ralado e sirva.

Informações nutricionais

Receita de Moqueca de pintado

Ingredientes

  • 1 kg de pintado em postas
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • 2 dentes de alho amassados
  • 4 tomates sem pele e sem semente
  • 3 pimentões verdes picados
  • 3 pimentões vermelhos picados
  • ½ xícara (chá) de azeite de dendê
  • ½ xícara (chá) de óleo
  • 1 cebola grande picada
  • Suco de 2 limões
  • ½ xícara (chá) de salsa
  • Cebolinha picadas
  • 1 colher (sopa) de coentro picado
  • 1 vidro de leite de coco (200 ml)
  • 1 kg de camarão médio cozido e sem casca
  • 1 folha de louro
  • Modo de preparo

    • Tempere o peixe com sal, pimenta e suco de limão.
    • Deixe por 20 minutos.
    • Leve ao fogo em uma panela com óleo, cebola, alho e deixe fritar por 3 minutos.
    • Junte os tomates e os pimentões e refogue-os ate formar um caldo grosso.
    • Adicione o peixe, louro, coentro, salsa e cebolinha.
    • Misture bem e deixe cozinhar no fogo brando por mais ou menos 25 minutos.
    • Ainda fervendo junte o leite de coco, o camarão e mexa.
    • Prove os temperos, junte o azeite de dendê.
    • Misture bem e sirva.

    Rendimento: 6 porções


FILÉ DE PEIXE AO MOLHO E CAMARÃO

INGREDIENTES

  • 800 g de filé de peixe (dourado, cação ou linguado)
  • 5 dentes de alho
  • 1 colher rasa de sopa de sal
  • Caldo de 1 limão
  • 250 g de trigo
  • 250 g de fubá
  • Óleo para fritar

MOLHO DE CAMARÃO:

  • 500 g de camarão limpo
  • 5 dentes de alho
  • 2 tomates picados
  • 2 cebolas picadas
  • 1 maço de coentro
  • 2 colheres de azeite
  • 2 colheres de óleo
  • 1 copo de água
  • 2 colheres rasas de trigo
  • 1 colher rasa de sal
  • 1 colher rasa de colorau

VACA ATOLADA

INGREDIENTES

  • 1 kg de costela bovina
  • 500 g de mandioca cozida, sem o fio do centro
  • Alho, cebola e sal a gosto
  • Cheiro verde
  • MODO DE PREPARO

    1. Em uma panela de pressão frite as costelas em óleo até estarem douradas de todos os lados
    2. Coloque o alho amassado e frite um pouco, em seguida frite a cebola, em fatias ou picada, como preferir
    3. Acrescente bastante água, salgando a seu gosto
    4. Cozinhe as costelas até que os ossos se soltem da carne, aproximadamente 40 minutos depois que pegou pressão
    5. Retire as costelas, separando e descartando os ossos
    6. Passe o caldo para uma panela grande
    7. Acrescente a mandioca cozida e espremida, sem aquele fio que fica no meio
    8. Coloque a carne e deixe cozinhar em fogo baixo por 15 minutos
    9. Se ficar muito grosso, coloque mais água
    10. Não pode ficar com o caldo nem ralo nem espesso demais
    11. Salpique com o cheiro verde no momento de servir

Bolo de Mandioca

INGREDIENTES

  • 1 kg de mandioca crua e descascada (ralada fina e espremida em um pano de prato)

  • 250 gr de margarina

  • 600 ml de leite de coco

  • 4 ovos inteiros

  • 500 gr de açúcar

  • 200 gr de coco fresco ralado

  • 1 colher (sopa) de fermento químico em pó

MODO DE PREPARO

  1. Misture todos os ingredientes em uma tigela com a ajuda de uma colher ou com a mão.
  2. Coloque em uma assadeira untada e enfarinhada e leve para assar por aproximadamente 1 hora a 200ºC.

FEIJÃO COM LINGUIÇA DE CHURRASCO

INGREDIENTES

  • 300 g de feijão cozido
  • 200 g de linguiça para churrasco
  • 1/2 tomate picado
  • 1 cebola (metade em rodelas metade picadinha)
  • pimentão picado
  • salsa e coentro picado
  • 1 tablete de caldo de bacon
  • 3 colheres das de sopa de óleo

MODO DE PREPARO

  1. Cozinhe o feijão e reserve
  2. Com as linguiças ainda crus retire a pele e despedace o recheio
  3. Aqueça uma panela e coloque o óleo pra esquentar e em seguida coloque as linguiças despedaçadas, se preferir adicione 2 colheres de água e depois deixe fritar
  4. Depois de fritas adicione os temperos, primeiro a cebola deixe fritar e em seguida o tomate, pimentão, temperos verdes, deixe refogar por uns instantes
  5. Em seguida adicione o feijão já cozido e se necessitar um pouco de água e deixe ferver, adicione o caldo de bacon e é só saborear

FRICASSÊ DE FRANGO

INGREDIENTES

  • 1 lata de creme de leite
  • 1 lata de milho verde
  • 1 copo de requeijão cremoso
  • 100 g de azeitona sem caroço
  • 2 peitos de frango desfiados
  • 200 g de mussarela fatiada
  • 100 g de batata palha
  • 1 xícara de água
  • 1 pitada de sal

MODO DE PREPARO

  1. Bata no liquidificador o milho, o requeijão, o creme de leite e a água
  2. Refogue o creme do liquidificador com o frango desfiado, as azeitonas e o sal até ficar com uma textura espessa
  3. Coloque o refogado numa assadeira, cubra com mussarela e espalhe a batata palha por cima
  4. Leve ao forno até borbulhar
  5. Sirva com arroz branco

Receita de Pintado ensopado

 

pintado, também chamado de surubim, brutelo, caparari e moleque, é um peixe de água doce que pode chegar até 2 metros de comprimento. Abunda no Pantanal e na Bacia do Rio São Francisco, sendo considerado um peixe nobre por conter poucas espinhas. No MThoje.com.br  ensinamos você a preparar esta saborosa receita de pintado ensopado, confira abaixo os ingredientes e passo a passo, e experimente!

Ingredientes para 4 porções da Pintado ensopado:
 
Instruções | 30 minutos
1

Para preparar esta receita prática de pintado, comece por levar ao fogo médio uma panela com o azeite, a cebola picada, os dentes de alho e os pimentões fatiados. Deixe dourar, mexendo de vez em quando.

2 Em seguida acrescente o tomate cortado em pedaços, o peixe e a água. Tempere com sal e pimenta do reino, tampe e deixe cozinhar por 15-20 minutos (o peixe deverá ficar macio, porém sem desmanchar).

3 Após o tempo indicado, seu pintado ensopado estará pronto! Viu como é rápido? Corrija o sabor com sal e pimenta e sirva polvilhado com coentro e cebolinha frescos. Bom apetite!


DOBRADINHA

INGREDIENTES

  • 4 kg de bucho em tiras
  • 6 tomates picados
  • 2 cebolas picadas
  • 500 g de linguiça calabesa fatiada
  • 500 g de feijão branco
  • 4 limões
  • Sal e pimenta a gosto
  • Cheiro verde a gosto
  • 1 lata (130 g) de extrato de tomate

MODO DE PREPARO

  1. Retire toda a gordura do bucho e leve para ferver em água e suco de 2 limões (após espremer, coloque também os limões)
  2. Escorrer e lavar o bucho e repetir o processo (é suficiente para retirar todo o cheiro)
  3. Fritar a cebola em pouco óleo e acrescentar os tomates
  4. Fritar até que murchem
  5. Coloque o bucho, o feijão branco (não precisa deixar de molho), adicione o sal e pimenta (eu utilizei a branca), coloque água o suficiente e o extrato de tomate e cozinhe na pressão por, mais ou menos 1 hora e 15 minutos
  6. Assim que pegar pressão, abaixar o fogo
  7. À parte, frite a calabresa em um fio de óleo
  8. Junte a calabresa e o cheiro verde à dobradinha

Como fazer coxinha de frango gostosa

Existem mais de 100 tipos de receitas de coxinhas disponíveis na internet e outras centenas publicadas em livros de receitas. Mas apenas algumas são realmente gostosas. Uma delas é essa receita que vamos compartilhar logo abaixo. É gostosa até de fazer, desde os ingredientes até o modo de preparo, e claro, na hora de comer.

Aprenda como fazer coxinha simples de frango passo a passo

Certamente essa receita será ótima para os finais de semana, para receber os amigos. Fácil preparo do começo ao fim. O resultado é surpreendente.

Ingredientes da receita de coxinha de frango

  • 2 colheres de sopa de margarina
  • 3 xícaras chá de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de sal
  • 2 xícaras de chá de água
  • 1 xícara e meia de chá de farinha de rosca
  • 2 cubos de caldo de galinha
  • 2 ovos para empanar
  • Óleo para fazer a fritura

 

Para fazer recheio

 

  • 1 cebola média picada
  • 2 tomates maduros sem sementes e sem pele em cubos
  • 2 xícaras e meia de chá de frango cozido e desfiado
  • 1 colher de sopa de margarina
  • Sal, pimenta do reino e salsa picada à gosto

 

Modo de preparo da receita

Na panela, coloque a água, a margarina, sal, o caldo de galinha e cozinhe até levantar fervura. Coloque a farinha de uma só vez, mexendo por dez minutos ou até soltar do fundo da panela. Em seguida basta deixar esfriar um pouco e vai sovando até esfriar totalmente.

Para o fazer recheio

Numa panela, aqueça a margarina e refogue a cebola por cinco minutos ou até ficar transparente em fogo médio. Depois coloque frango, o tomate e cozinhe por cinco minutos.
Tempere com sal, pimenta, salsa e deixe esfriar.
Abra pequenas porções da massa na mão, coloque uma colher de sopa do recheio e feche, para modelar e dar formato das coxinhas.
Passe pelo ovo ligeiramente batido com um garfo e pela farinha de rosca. Em uma panela pequena, frite as cozinhas em óleo quente até dourar. Mas cuidado. Coloque para fritar pequenas quantidades. Escorra sobre papel absorvente e sirva. 
Pronto. Essa delícia está pronta para servir e simplesmente saborear. Pode fazer para vender ou se divertir em família, é um prato de fácil preparo e é uma das culinárias mais consumidas aqui no Brasil. Não fique de fora dessa a faça você também ainda hoje. Opine, comente no final dessa postagem


PICANHA DE SOL AO FORNO

INGREDIENTES

  • 1 peça de carne de sol de picanha inteira
  • 4 cebolas grandes em rodelas finas
  • Manteiga de garrafa

MODO DE PREPARO

  1. Coloque por 12 h a carne de sol no leite com farinha, para tirar o sal
  2. Em uma assadeira, coloque metade da cebola fatiada
  3. Por cima, coloque a picanha com a gordura para cima
  4. Faça alguns talhos sem separar a carne
  5. Dê um banho na carne com a manteiga de garrafa
  6. Cubra com mais cebola
  7. Cubra a assadeira com papel alumínio e leve ao forno até assar
  8. Tire o papel para dourar
  9. Sirva acompanhando feijão verde, pirão de queijo e farofa

ngredientes
 
Modo de preparo

Em uma frigideira, aqueça o azeite e frite o paio. Reserve.

Em uma panela, coloque o fubá dissolvido em 2 xícaras (chá) de caldo de legumes ou carne.

Acrescente o caldo restante.

Leve ao fogo brando e cozinhe, mexendo sempre até engrossar.

Adicione a couve, tempere com sal e desligue o fogo.

Misture o paio reservado e sirva em seguida com fatias de pão.

 

Informações nutricionais

Polenta com linguiça

Ingredientes
 
Modo de preparo

Aqueça o óleo e frite a linguiça.

Junte os tomates descascados e cortados em pedaços.

Tampe a panela e cozinhe, acrescentando um pouco de água, se for necessário, até obter um molho grosso.

 

Tabule

NGREDIENTES

  • 45 g de trigo para kibe
  • 200 g de tomate picado sem sementes
  • 1 cebola picada
  • 2 pepinos picados
  • 1 maço de salsinha picada
  • 3 colheres (sopa) de suco de limão
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1/4 colher (chá) de noz-moscada
  • hortelã picada
  • salsa picada

MODO DE PREPARO

  1. Em um recipiente, deixe o trigo de molho por 2 horas
  2. Lave bem o trigo em água corrente, escorra e esprema nas mão para retirar o excesso de umidade
  3. Passe a cebola picada em água fria e escorra bem
  4. Junte os outros ingredientes (menos o tomate) e deixe tampado na geladeira por pelo menos 8 horas
  5. Acrescente os tomates na hora de servir

POLENTA CREMOSA AO MOLHO INGREDIENTES POLENTA

INGREDIENTES

POLENTA:

  • 2 dentes de alho
  • 1 litro de água
  • 1 folha de louro
  • 1 envelope de caldo de carne
  • 1 colher (sopa) de cebola picada
  • 50 g de manteiga com sal
  • 2 xícaras (chá) de fubá
  • Sal a gosto
  • 1 caixa de creme de leite
  • Noz-moscada a gosto

MOLHO:

  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 300g de carne moída
  • Sal a gosto
  • 300ml de molho de tomate
  • Queijo ralado para polvilhar
  • Tomilho, orégano, salsa e pimenta-do-reino branca moída

MODO DE PREPARO

  1. Em uma panela refogue o alho e a cebola junto com a manteiga, acrescente a água, folha de louro, caldo de carne, sal e noz-moscada
  2. Deixe ferver
  3. Após levantar fervura acrescente o fubá dissolvido em um pouco de água para não empelotar, mexa
  4. Abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe por aproximadamente 20 a 25 minutos
  5. Desligue e retire a folha de louro
  6. Agregue o creme de leite
  7. Coloque em um refratário e regue com o molho
  8. Com a ponta de uma faca espete a polenta para o molho penetrar (opcional)
  9. Polvilhe com queijo ralado
  10. Leve ao forno para derreter o queijo

MOLHO:

  1. Em uma panela aqueça o azeite refogue o alho e a cebola
  2. Frite a carne moída e coloque o tomilho, orégano, salsa e pimenta-do-reino branca moída
  3. Adicione o molho de tomate e o sal
  4. Cozinhe por alguns minutos até o molho criar consistência (não ficar aguado)

Receita de Bruschetta de acém

Ingredientes

  • 1 bandeja de cubos de acém (300 g)
  • 1 colher (de sopa) de manteiga
  • 1 pitada de açúcar
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • 1 xícara (chá) de vinho tinto
  • 1 xícara (chá) de caldo de carne
  • 1 cebola picada
  • 4 dentes de alho picados
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de alecrim
    Brotos ou folhas de miniagrião para decorar
  • Azeite de oliva
  • Pão para minibruschettas (tipo minibaguete ou pão italiano)

Para as minicebolas e os tomates-cereja

  • 150 g de minicebolas descascadas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Açúcar
  • 4 colheres (sopa) de vinagre de maçã
  • Água
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • 100 ml de água
  • 5 tomates-cereja cortados ao meio

Modo de preparo

  • Num prato limpo, tempere a carne com sal, uma pitada de açúcar e pimenta-do-reino.
  • Em uma panela de pressão, derreta a manteiga e sele a carne de todos os lados.
  • Quando os cubos de acém estiverem dourados, coloque na mesma panela o alho e a cebola picados, refogando tudo até dourar.
  • Adicione o ramo de alecrim, a folha de louro e regue com o vinho.
  • Deixe ferver alguns instantes para evaporar o álcool do vinho.
  • Em seguida, coloque o caldo de carne e tampe a panela de pressão.
  • Deixe cozinhar por 30 minutos em fogo médio após pegar pressão.
  • Retire a pressão, abra a panela com cuidado e retire o talo de alecrim e a folha de louro.
  • Em seguida, misture bem a carne na panela, para que fique bem desfiada.
  • Reserve.
  • Em uma frigideira, doure a cebolas com a manteiga e o açúcar.
  • Coloque o vinagre de maçã, deixe secar, adicione a água e deixe cozinhar até secar e caramelizar.
  • Retire do fogo, adicione os tomates-cereja e misture.
  • Corte o pão (italiano ou minibaguete) em fatias e doure-as no forno com um fio de azeite, para ficarem crocantes e torradas.

Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 60 minutos
Grau de dificuldade: intermediário
Corte: acém (também conhecido como agulha, alcatrinha do dianteiro, lombinho)


Receita de Torta de fubá com frango

Ingredientes

Recheio

  • 1/2 xícara (chá) de creme vegetal BECEL sabor manteiga
  • 1 cebola pequena picada
  • 250 g de filé de peito de frango, cozido e desfiado
  • 1 tomate médio, sem pele e sem sementes, picado
  • 1 cenoura pequena ralada no ralo grosso
  • 2 colheres (sopa) de salsinha picada

Massa

  • 1 xícara (chá) e meia de leite desnatado
  • 1 ovo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/2 xícara (chá) de creme vegetal BECEL sabor manteiga
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de fubá
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

Para untar

  • Creme vegetal BECEL sabor manteiga
  • Farinha de trigo

Modo de preparo


Recheio

  • Unte e enfarinhe uma assadeira pequena (28 x 18 cm). Reserve.
  • Em uma panela média, aqueça o creme vegetal BECEL sabor manteiga e refogue a cebola por 2 minutos.
  • Junte o frango desfiado e frite rapidamente.
  • Acrescente o tomate, a cenoura, e a salsinha, e refogue tudo por 2 minutos.

Massa

  • Preaqueça o forno em temperatura média (180°C).
  • No copo do liquidificador, coloque o leite, o ovo, o sal e o creme vegetal BECEL sabor manteiga, e bata por 1 minuto.
  • Junte a farinha e o fubá, e vá batendo aos poucos até ficar homogêneo.
  • Acrescente o fermento e misture delicadamente.
  • Transfira metade da massa para a assadeira, espalhe o recheio reservado e cubra com a massa restante.
  • Leve ao forno por 30 minutos, ou até dourar levemente.
  • Retire do forno e sirva quente ou fria.

Dica: se desejar, acrescente 1 lata de milho ao recheio.

Rendimento: 16 porções
Tempo de preparo: 70 minutos


Receita de Moqueca de pintado

Ingredientes

  • 1 kg de pintado em postas
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • 2 dentes de alho amassados
  • 4 tomates sem pele e sem semente
  • 3 pimentões verdes picados
  • 3 pimentões vermelhos picados
  • ½ xícara (chá) de azeite de dendê
  • ½ xícara (chá) de óleo
  • 1 cebola grande picada
  • Suco de 2 limões
  • ½ xícara (chá) de salsa
  • Cebolinha picadas
  • 1 colher (sopa) de coentro picado
  • 1 vidro de leite de coco (200 ml)
  • 1 kg de camarão médio cozido e sem casca
  • 1 folha de louro

Modo de preparo

  • Tempere o peixe com sal, pimenta e suco de limão.
  • Deixe por 20 minutos.
  • Leve ao fogo em uma panela com óleo, cebola, alho e deixe fritar por 3 minutos.
  • Junte os tomates e os pimentões e refogue-os ate formar um caldo grosso.
  • Adicione o peixe, louro, coentro, salsa e cebolinha.
  • Misture bem e deixe cozinhar no fogo brando por mais ou menos 25 minutos.
  • Ainda fervendo junte o leite de coco, o camarão e mexa.
  • Prove os temperos, junte o azeite de dendê.
  • Misture bem e sirva.

Rendimento: 6 porções


Torta de sardinha de liquidificador

INGREDIENTES

MASSA

  • 2 xícaras (chá) de leite

  • 1 xícara (chá) de óleo

  • 4 ovos

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo

  • 1 colher (sopa) de fermento em pó

  • 4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

  • 1 colher (chá) de sal

RECHEIO

  • 1 lata grande de sardinha em conserva de óleo escorrida

  • 4 colheres (sopa) de óleo

  • 1 cebola média picada

  • 3 dentes de alho picados

  • 1/3 de xícara (chá) de azeitona verde picada

  • 1 colher (sopa) de orégano

  • 1 colher (chá) de sal

  • 1 lata de extrato de tomate

MODO DE PREPARO

  1. Massa:
  2. aqueça o forno em temperatura média. Unte o refratário com óleo e reserve. No liquidificador, bata todos os ingredientes até obter uma mistura homogênea. Reserve.
  3. Recheio:
  4. numa tigela, misture a cebola o óleo e 3 dentes de alho picados deixe a cebola bem douradinha.Acrescente o extrato de tomate, sardinha, azeitona , orégano, e sal a gosto.A dica é que se você quiser pode acrescentar o milho verde .

ESCALDADO CUIABANO

NGREDIENTES

  • ½ xícara de óleo
  • 2 tomates médios
  • 2 pimentões médios
  • 2 cebolas médias
  • 4 colheres (sopa) de extrato de tomate
  • 4 tabletes de caldo de galinha
  • 300 g de frango cozido e desfiado
  • 4 litros de água
  • sal a gosto
  • cheiro verde a gosto
  • farinha de mandioca
  • 16 ovos quebrados com a gema inteira

MODO DE PREPARO

  1. Refogue no óleo as cebolas, pimentões e os tomates cortados pequenos
  2. Acrescente extrato de tomate, caldo de galinha e o frango
  3. Deixe refogar um pouco e acrescente a água
  4. Quando levantar a fervura, adicione a farinha de mandioca aos poucos, sem parar de mexer até que a farinha comece a subir e forme um creme
  5. Desligue o fogo e coloque imediatamente os ovos com cuidado para não quebrar as gemas
  6. Tampe a panela até que os ovos cozinhem
  7. Antes de servir, adicione o cheiro verde

Pizza grelhada na frigideira - fininha e crocante!!!

Final de semana, pizza. Pizza, final de semana. É fácil fazer esta associação, pelo menos  nesta cabeça gulosa! rsss O difícil é escolher qual receita testar mas semana passada já sabia muito bem qual faria! Assim que vi esta receita postada pela querida "vizinha" Cristina, ela imediatamente saltou para o topo da minha lista por fazer. Nem tive dúvidas de que eu iria adorar o resultado, tanto que fiz duas receitas de uma vez! :o)
Fiz e confirmei todos os elogios da Cristina! A massa fica super crocante e leve! A gente come 2, 3... e ainda sobra espaço pra uma doce! 
Fiz conforme as orientações da Cristina. Preparei a massa e depois de esticada, grelhei na frigideira. Cobri com recheio e assei por alguns minutos no forno bem quente. Ficaram excelentes! No dia seguinte, fiz algumas doces na frigideira e deu certo também! Bastou esquentar bem a frigideira, regar o fundo com um fio de azeite, colocar o disco recheado, tampar e deixar grelhando em fogo moderado/baixo por uns 5 minutos ou até que o recheio esteja aquecido!
Essa receita é realmente um achado, daquelas que vão pro caderninho e que com o tempo ficam com as páginas amareladas e sujas de tanto ser repetida de tão boa! ;)
 
¾ xícara de água morna (180ml)
1 colher (sopa) de fermento seco para pão (10g)
½ colher (chá) de açúcar
1½ xícara de farinha de trigo (210g)
¼ xícara de farinha de trigo integral (45g)
1 colher (chá) de sal (usei ¾ colher de chá)
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
 
Numa vasilha, coloque a água morna, o fermento e o açúcar. Misture e deixe descansar por 5 minutos até ficar espumoso.
Na tigela da batedeira, coloque as farinhas, o líquido fermentado, o sal e misture rapidamente. Leve para bater com o gancho de massas pesadas por 2 minutos até a farinha ser incorporada. Se estiver muito úmida, coloque um mínimo possível de farinha de trigo (eu precisei colocar mais 3 colheres de sopa). Continue batendo por mais 5 minutos e incorpore o azeite. Bata mais 5 minutos até a massa se soltar da vasilha e ficar lisa e elástica.
Modele numa bola com as mãos untadas com óleo e deite numa vasilha também untada. É importante que a superfície da massa esteja untada também para que não resseque. 
Cubra com filme plástico e deixe crescer até dobrar de volume (de 1 a 2 horas - a minha levou 50 minutos). Coloque na geladeira e deixe por no mínimo 30 minutos. Isso vai agregar sabor e melhorar a textura.
Dê alguns soquinhos na superfície para tirar o gás acumulado e divida a massa conforme o seu gosto (rende 2 discos de 30cm ou 6 discos de uns 24cm).
Modele em bolinhas e deixe descansar por 10 minutos.
Enquanto isso já deixe esquentando uma frigideira grande (24 a 27cm de diâmetro) em fogo moderado/forte.
Pegue uma bolinha e abra com rolo bem fininho na mesa enfarinhada. Não se incomode se não sair redonda, o formato irregular e rústico é mais interessante nesta pizza.
Coloque a massa na frigideira. Depois de 2 minutos já vai levantar bolhas na massa (foto de cima). Se não aparecer, aumente um pouco a chama. Levante um pouco a massa para verificar se dourou no lado de baixo. Se sim, tire a massa ou se quiser, doure levemente o outro lado também (foto de baixo).
Vá repetindo com as outras bolinhas.
Depois de prontos, recheie a gosto e leve para assar em forno pré-aquecido beeeem quente (230˚C) por 2 a 5 minutos até que as bordas fiquem bem douradas e o recheio aquecido.

Cogumelos Recheados com Carne Picada

Quando as férias acabam há sempre muito para fazer. Chegar a casa com a malas e a tralha toda. Arrumar tudo. Fazer máquinas de roupa, estender e apanhar. Ir às compras porque não há nem pão, nem leite, nem sequer uma peça de fruta para as primeiras impressões.
E depois há que nos reorganizarmos. Fazer as listas para a semana, preparar ementas…enfim, retomar as rotinas.
As férias acabaram e sim, sinto-me revigorada, cheia de ideias novas que quero colocar em pártica, coisas que quero fazer, receitas que quero experimentar. Chego de férias e a “agenda” começa a ficar preenchida. Um jantar de amigos, um aniversário e uma ida à Feira do Livro da Figueira da Foz, já no dia 31 de Agosto às 17h30.
Para já uma receita preparada ainda antes das férias.
Ingredientes para 2 pessoas:
4 cogumelos grandes para rechear
200g de carne de vaca picada
1 tomate maduro
1 cebola pequena
Sal e pimenta q.b.
1 colher chá de orégãos picados
Azeite q.b.
1 bola de mozarela fresca
Preparação:
Lave os cogumelos e retire-lhes os pés, sem os partir. Coloque os chapéus dos cogumelos num tabuleiro que vá ao forno, regue-os com um fio de azeite e tempere com um pouco de sal e pimenta e leve-os ao forno previamente aquecido a 180ºC durante 15 minutos.
Entretanto pique os pés dos cogumelos, o tomate e a cebola. Leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite e acrescente a carne picada. Tempere cos os orégãos, sal e pimenta e deixe a carne alourar. Junte depois os legumes previamente picados, retifique os temperos e deixe estufar tudo uns minutos.
Recheie depois os cogumelos com a mistura de carne picada, cubra com umas rodelas de mozarela fresca e leve novamente ao forno até o queijo derreter.
Sirva com uma salada verde.
Bom Apetite!


Segredos do churrasco

Segredos do churrasco

 • Não compre carnes se a gordura estiver de amarelo escuro. Isto é indicação de animal velho, ou seja, carne dura. No caso específico de costela, osso chato e grande é animal velho, enquanto ossos pequenos e arredondados são de novilho. As costelas devem ser compradas em tiras de 8 a 10 cm de largura. Dê preferência as costelas centrais do animal.
• O corte da carne deve ser feito no sentido transversal ao comprimento das fibras do músculo.
• Alguns cortes de carnes precisam de um preparo especial como o cordeiro ou a costela. É importante deixar essas carnes marinando no tempero de um dia para o outro, isso deixa a carne mais tenra e com o tempero mais acentuado.
• Não deixe de separar os tipos de carne na hora de assar, como lingüiça e frango, para que o sabor e tempero de uma não afetem o paladar das outras.
• É importante checar também outro "personagem" do churrasco, o carvão. É bom lembrar que não é aconselhável a sua reutilização. A dica é sempre assar as carnes no em brasa e não com fogo muito alto, pois assim não se corre o risco de sapecá-las ou queimá-las.
• Cuidado com as carnes congeladas! É sempre bom descongelar com antecedência (12 horas) e não colocar na água quente, muito menos no forno de micro-ondas, pois retira totalmente o sabor da carne. Uma boa sugestão para temperar o frango é deixá-lo marinando de um dia para outro numa mistura com shoyo e leite de coco. Dessa maneira, a carne fica macia e com um sabor diferente.
• Antes de ser levada à churrasqueira, a carne deve adaptar-se à temperatura
ambiente. Não se deve levar a carne da geladeira diretamente ao fogo. A carne pode não ficar no ponto ideal.
• Outra dica de marinada para carnes vermelhas é deixá-las no vinho tinto com ingredientes frescos como ervas, pois assim elas ficam macias e dão um toque todo especial. Mas não se deve colocar todas as carnes nesse tempero, senão, todo o churrasco ficará com o mesmo sabor. Um diferencial é fazer costela no bafo. Basta temperar somente com sal grosso e enrolar a costela numa folha de papel celofane e levar direto para a grelha.
• Um segredo para os apaixonados por carnes mal passadas: assim que ela começar a sangrar por por cima, virá-la e deixar assar por alguns minutos. Quando a carne estiver semi-assada é hora de apreciar. Isso faz com que os sucos da carne sejam preservados e não deixa passar do ponto. Para os cortes de carne grandes é sempre bom fatiar e servir logo em seguida para que não queime muito e fique crua no meio.
• Verificar a qualidade das carnes quanto à sua origem e procedência - dar preferência aos produtos com SIF (Serviço de Inspeção Federal).

 

Reprodução
Reprodução


Combinações e acompanhamentos
O churrasco apresenta inúmeras possibilidades e combinações que, muitas vezes, são esquecidas. Preparar legumes (batata, berinjela, abobrinha) assados na brasa e temperados com azeite, sal e pimenta do reino branca é uma dica simples e deliciosa que por vezes é deixada de lado.
Alguns itens são importantíssimos para um churrasco de sucesso, como os acompanhamentos: farofas, molhos para acompanhar as carnes, saladas diversas e leves ajudam na digestão. Frutas como abacaxi e banana grelhados na própria churrasqueira com açúcar e canela podem ser servidos como sobremesas ou usados como alternativa para os vegetarianos.
Quantidade de carne
Para se calcular a quantidade de carne para um churrasco, lembre-se que haverá pessoas que consumirão apenas 250 gramas e outras chegarão a consumir até 1 kg de carne. Então, para calcular a quantidade, recomenda-se 400 a 600 gramas de carne para adultos e 300 gramas para cada criança. Mas se você for servir vários tipos de carne, aumente as quantidades por tipo de carne, para não arriscar a falta de carne se todos preferirem consumir um só tipo. Além da carne, os convidados irão consumir também acompanhamentos (pão de alho, saladas, maionese, farofas, arroz, aperitivos, vinagrete.
Grelha ou espeto?
Grelha - Muitos churrasqueiros preferem a grelha, argumentando que assim a carne é assada por inteiro não perde o suco, pois não é furada pelo espeto. Em nossos vizinhos do Mercosul a grelha é utilizada com maior freqüência do que o espeto. A grelha permite que se trabalhe com vários tipos de carnes ao mesmo tempo, além de outros complementos como queijo provolone, pimentão, lingüiças, tomates, cebola, morcilha, etc. A grelha favorece as carnes sem osso, em detrimento das carnes com osso como a costela. Portanto as carnes mais indicadas para a grelha, são: picanha, maminha, assado de tira (tiras muito finas de costela), lingüiças, salsichões, chuleta, fraldinha e o filé mignon.
Quando utilizar a grelha, é interessante ter pinças de metal compridas para virar e manusear a carne. O ideal é evitar o uso daquele garfo comprido de dois dentes, que é bastante comum para carnes - o suco pode sair pelos furos e a carne ficará mais seca e menos macia. A carne deve começar a grelhar na parte mais quente da churrasqueira, tostando-a bem de um lado e depois do outro. Em seguida, colocar a carne numa parte com calor menos intenso, para que ela asse até chegar no ponto desejado. Deve-se perguntar aos convidados qual o ponto de carne que eles desejam, pois esse será um fator fundamental no sucesso do churrasco.
Espeto - A dica é comprar espetos de aço inoxidável. Apesar de mais caros que os comuns são de melhor qualidade. Por não serem rugosos, são mais fáceis de limpar, mais duráveis e não soltam resíduos metálicos na carne. Escolher espetos de comprimento adequado à churrasqueira. Isso importante, pois evitará acidentes de queimaduras na empunhadura do espeto e os espetos não cairão dentro da churrasqueira, o que poderá acontecer se eles forem curtos.



Reprodução
Reprodução



Melhores carnes para o churrasco

Costela: é a carne mais típica do churrasco. Para os churrasqueiros, churrasco é sinônimo de costela. Antigamente fazia-se churrasco só de costela e de alguns anos para cá é que foram introduzidos outros tipos de carne. Ela só deve ir ao fogo quando estiver bem limpa, isto é: carne à vista de um lado e osso de outro. A costela deve sempre ir às brasas com o lado do osso para baixo. Somente quando esta parte mostrar-se bem assada é que se deve virar o espeto. Serve-se ao ponto.

Alcatra: apresenta pouca gordura, que ainda deve ser retirada, deixando-a perfeitamente limpa. Deve ser cozida ao ponto ou mal passada. Como as outras carnes de primeira, não deve ser fatiada e sim cortada em pedaços grossos para ser levada ao prato. É a maneira de manter o ponto por fora, na casquinha, e a suculência por dentro.

Picanha: é macia e isto se deve por ser uma carne sem músculos e de alto volume sanguíneo, o que lhe marca o sabor característico. Ela deve ser servida em pedaços grossos e no prato é que se vai cortando em pequenos cubos para comer. O ponto certo da picanha é o malpassado.

Contra-file: é macio, tem sabor acentuado, muito suco e dificilmente se erra no ponto. Deve ser servido ao ponto ou mal passado, sob pena de perder o suco e daí o sabor. Para servir, corte em postas de espessura média.

Maminha ou ponta de alcatra: deve ser servida malpassada mas aceita ser servida ao ponto e até bem passada.

Fraldinha: é uma carne muito saborosa, boa de assar mas que não é uma carne popular. Não deve ser passada demais. É uma carne cheia de gorduras e nervos e é preciso ser muito bem limpa para ir até à grelha.

Chuleta: é também uma carne saborosa mas às vezes fica dura ao ser assada. Seu ponto certo é o malpassado. É entremeada de gordura, que a mantém suculenta.

Filé mignon: caracteriza-se por ser uma carne macia e gosto levemente adocicado. Tem presença obrigatória nos melhores restaurantes. Para grelhar deve ser cortado em bifes grossos e servir ao ponto pois a maciez e o sumo se mantém.

Além do churrasco tradicional, usa-se no Brasil outros tipos de carne como as de porco, ovelha, frango e peixe, além da linguiça, coração de galinha etc.

Churrasco com sal grosso

• Deixe as carnes pegarem cor e calor antes de salgar: tire do fogo e espalhe – sem exagero – sal grosso ou médio por toda a carne. A carne salgada bem antes de ser colocada para assar fica dura e seca.

• O lado mais magro da carne deve estar virado para o fogo. Assim, não haverá perda de gordura. As costelas devem ser assados com o osso para baixo. Um bom combustível para o fogo é o osso do animal a ser assado. O melhor fogo é aquele em que se forma uma camada de cinza por cima do braseiro, impedindo a formação de labaredas.

• A labareda jamais deve tocar na carne. Não fique mexendo no fogo. Mexa sempre na carne, levantando, baixando etc. Nada de jogar água sobre a brasa. O ideal, novamente, é levantar a carne. Conforme as labaredas vão diminuindo de tamanho, o assador pode optar em aproximar a
carne da brasa.

• Não vire o saco de carvão direto sobre a grelha quando houver carne assando. Assim, pó e brasa serão levantados. Pegue os pedaços de carvão e com a mão coloque devagar no braseiro. Depois de pronta, a carne deve ser batida para soltar o sal grosso nela impregnada.

Fontes: www.destaquesp.com, www.ochurrasqueiro.com.br, www.virtual.epm.br, www.bassi.com.br



Espeto de carne assada



Ingredientes:

- 400 g de carne moída (patinho)
- 1 cebola picada
- 1 colher (sopa) de raspa de limão
- 1 colher (sopa) de orégano
- 1 colher (sopa) de cominho
- 1 xícara (chá) de salsa picada
- 4 colheres (sopa) de azeite
- 2 colheres (sopa) de hortelã picado
- 10 palitos para churrasco
- Sal a gosto

Molho:

- 1 xícara (chá) de tomates sem pele picado
- ½ xícara (chá) de cebola picada
- 3 colheres (sopa) de salsa picada
- 4 colheres (sopa) de azeite
- Orégano e sal a gosto



Modo de preparo:

Em uma vasilha misture a carne com os temperos e faça bolinhos. Coloque o palito no centro de cada bolinho e, em seguida acomode todos em uma assadeira, de forma que os palitos fiquem sobre as laterais. Levar ao forno para assar por mais ou menos 20 minutos.Em uma frigideira sele os tomates no azeite e, em seguida junte a cebola e a salsa. Coloque em um prato um pouco de molho e um espeto.

Fonte: www.petitchef.com.br



Picanha recheada com bacon



Ingredientes:

- 1 peça de picanha pesando aproximadamente 1,3kg
- Suco de uma laranja grande
- 1 colher de sopa de manteiga sem sal
- 150g de bacon fatiado
- 1 xícara de chá de sal grosso



Modo de Preparo:

Com uma faca fina e bem afiada faça um corte no centro da picanha, sem separar as laterais, formando uma bolsa. Passe o suco de laranja por toda a peça de carne, inclusive dentro da "bolsa", e deixe descansar durante 4 horas. Depois, arrume as fatias de bacon dentro da bolsa e feche. Unte toda a peça com a manteiga, polvilhe com o sal grosso e pressione com as mãos para que fique integrado à manteiga. Coloque a picanha na grelha da churrasqueira a uma distância de 40cm do braseiro forte e bem formado, durante 20 minutos com a gordura virada para baixo. Depois desse tempo vire a picanha deixando a gordura virada para cima. Quando a carne tomar corpo (inchar), retire da grelha, coloque-a numa bandeja e cubra-a com um pano de prato ainda sem uso e deixe descansar durante 10 minutos. Depois retorne à grelha com a gordura voltada para cima e termine de assá-la durante mais 5 minutinhos até que fique "ao ponto". Para servir, fatie em lâminas finas como um rosbife.

Fonte: www.receitinhas.com.br


Os melhores endereços gastronômicos de Cuiabá

Conheça os estabelecimentos campeões e saiba como funcionou a votação do júri de VEJA COMER & BEBER

VEJA COMER & BEBER

Entre os meses de março e maio de 2017, a equipe gastronômica de VEJA COMER & BEBER mapeou, pela primeira vez, o cenário gastronômico de Cuiabá e, com a ajuda de um júri local, elegeu os melhores endereços de comidinhas, bares e restaurantes em dezesseis categorias. Os campeões das categorias de comidinhas, bares e restaurantes foram conhecidos no dia 27 de maio, em evento realizado no Espaço Solari.

Confira abaixo os campeões eleitos pelo júri de VEJA COMER & BEBER Cuiabá 2017/2018, apresentado pelo Santander:

COMIDINHAS

Bolinho de arroz – Eulália e Família

Doceria – Baba de Moça

Hambúrguer – Cozinha dos Fundos

Padaria – Bakehouse 44

BARES

Cozinha de bar – Ditado Popular

Espetaria – Chuvisco

Happy Hour – Ditado Popular

Música ao vivo –

Mundaréo
Chef do ano – Ariani Malouf (Mahalo)

Carne – Meat’s Grill

Cozinha regional – Regionalíssimo

Japonês – Haru Cozinha Oriental

PeixariaLélis Peixaria

Pizzaria – Gato Mia

Melhor de Cuiabá – Mahalo

Melhor da Chapada dos Guimarães – Atmã


CONHEÇA O MANGOSTIN, UMA FRUTA EXÓTICA E CHEIA DE SABOR

Com um formato único e um roxo incrível, o mongostin – também conhecido como mongostão – é dono de um sabor adocicado e suave. Tudo se torna ainda melhor com a quantidade de benefícios que possui!

Conheça mais sobre essa fruta super diferente!

Típico das regiões tropicais, o mangostin é uma fruta que vai te deixar com gostinho de “quero mais” depois de experimentá-la. Com um formato belo, único e exótico, ela também é conhecida como “fruta da rainha”, carregando consigo uma história na qual a rainha Vitória, da Inglaterra, se encantou com o sabor e aparência da fruta, fazendo que este alimento se tornasse presença confirmada nos banquetes reais.

E a rainha não estava enganada sobre toda a consideração que deu à fruta! O mangostin realmente é dono de um sabor doce, suave e muito suculento. Sua casca rígida de cor roxo escuro envolve uma polpa deliciosa, de cor branca – um aspecto semelhante a da lichia. Na hora de escolher os mangostins, os mais saborosos são os que possuem a haste verde e a casca bem dura.

Onde posso incluir o mangostin?

Com um sabor delicioso e levinho, não fica difícil incluir o mangostão – também chamado assim – no cardápio. Além de ser consumido in natura, dando uma variada na salada de frutas, os sucos feito com essa fruta exótica são super valorizados e gostosos, sendo uma ótima opção para ousar, fazer diferente e surpreender! Sorvetes e outros doces também vão ganhar uma nova cara com o mangostin, sendo uma ótima opção para arrasar na sobremesa.

Vem conhecer como o mangostin tem motivos de sobra para cativar o seu paladar – e a sua saúde!

Mangostin nutritivo

Fonte de minerais, como ferro, potássio, fósforo, cálcio, manganês, zinco e cobre, o mangostão também é rico em vitaminas do complexo B (B6 e B12), vitamina C e vitamina A. As vantagens nutricionais não param por aí, levando-se em conta que a fruta também detêm grandes quantidades de fibras, proteínas, carboidratos e água.

Rico em fibras

O mangostão pode ser um dos aliados de quem deseja perder peso. Isso se deve a grande quantidade de fibras presentes na fruta, que juntas com a vitamina B, permitem acelerar o metabolismo e fazer que o sistema digestivo trabalhe de forma eficaz – e eliminando inclusive aquela terrível sensação de constipação. As fibras também são capazes de transmitir a sensação de saciedade, evitando “beliscar” outros alimentos ao longo do dia.

Ajuda a reduzir o colesterol ruim

A fruta possui propriedades que ajudam a controlar o colesterol, reduzindo o LDL (colesterol ruim). A elasticidade dos vasos sanguíneos são otimizadas, permitindo um melhor fluxo. Dessa forma, a pressão arterial também é regulada, garantindo a saúde do coração e evitando doenças cardiovasculares.

shutterstock_417990286

Típico das regiões tropicais, o mangostim vai conquistar seu coração e paladar!

 Ação antioxidante em busca de um organismo saudável

O mangostin contém uma classe de compostos polifenóis naturais conhecidos, nomeados xantonas. Eles possuem ação antioxidante, eliminando radicais livres e garantindo células saudáveis, afastando o risco de doenças – tal como o câncer.

Menstruação regulada

Alô mulherada! Sabe-se o quanto é desconfortável quando o ciclo não está regulado, podendo trazer inclusive sintomas como a temida TPM, ou então as desagradáveis cólicas. Por isso, que tal adotar o mangostin no seu cardápio?

Protege a sua pele

Uma pele bonita é sinônimo de saúde. E o mangostão pode te ajudar nessa tarefa! Isso porque a fruta possui propriedades antibacterianas, antialérgicas e anti-inflamatórias que ajudam a manter a pele saudável, evitando o envelhecimento precoce das células ou possíveis alergias ou doenças de pele, garantindo assim uma pele de pêssego!

shutterstock_272178272

Depois de tantos benefícios, tá a fim de um mangostim?


ARROZ DE SEGUNDA

 

INGREDIENTES

  • 4 xícaras de sobras de arroz
  • 1 lata de sardinha
  • Pepino em conserva picadinho
  • Tomate picado
  • 1 lata de milho verde
  • 400 g de queijo mussarela ralado
  • 140 g de batata palha
  • 6 colheres de sopa de maionese
  • Azeite de oliva
  • Orégano, sal e pimenta a gosto

 
Enviada por Luiza Zarnott

MODO DE PREPARO

  1. Primeiramente, reserve parte do queijo ralado
  2. Essa porção de queijo deverá ser colocada no final por cima de tudo, para gratinar
  3. Em um prato refratário, que possa ser levado ao forno, coloque o arroz e todos os demais ingredientes, deixando a maionese por último
  4. A quantidade de maionese varia de acordo com a preferência de quem faz o prato
  5. Para facilitar na hora de misturar, coloque um fio de azeite de oliva
  6. Por fim, cubra com queijo ralado e leve ao forno apenas para gratinar o queijo
  7. A receita fica uma delícia e é ideal para ser preparada na segunda-feira, com as sobras do almoço de domingo
  8. Bom apetite!

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

  • todos os ingredientes podem variar as porções de acordo com a quantidade que se deseja fazer, e, principalmente, pela quantidade de arroz utilizada.

Atum ao forno

Ingredientes
 
Modo de preparo

Unte com um pouco de azeite um refratário.

Alterne camadas de batata, tomate, cebola, atum e mussarela.

Sobre cada camada, regue um pouco de azeite, tempere com o sal, a pimenta e a salsa.

Leve ao forno alto, preaquecido, a 220 ºC, durante 25 minutos.

Sirva em seguida.

Dica: se quiser dar um sabor a mais, alterne camadas de pimentão cortado em rodelas. 

Informações nutricionais
 

SALMÃO GRELHADO

INGREDIENTES

  • 1 kg de filé de Salmão
  • 2 cabeças de alho
  • 1 limão
  • sal a gosto
  • pimenta a gosto
  • 1/2 cebola

MODO DE PREPARO

  1. Retire os espinhos e o excesso da pele do filé, depois separe o filé em postas
  2. Bata no liquidificador o alho, a cebola, o sal e pimenta, depois espalhe no filé (não deixe em excesso)
  3. Deixe reservado por 10 minutos e aqueça por 5 minutos a chapa ou grelha a 180 °C
  4. Deixe por 15 minutos o salmão com a pele virada para baixo e após os 15 minutos vire e deixe o salmão por mais 10 minutos
  5. Após os 10 minutos deixe novamente a pele para baixo e deixe o filé descansar por 5 minutos antes de servir
  6. Adicione limão para servir

PACÚ ASSADO NA GRELHA

O PEIXE NÃO FICA SECO, QUANDO ASSA FICA POIS O TOMATE VAI SOLTANDO ÁGUA ,SERVE COM ARROZ BRANCO E MANDIOCA COZIDO

INGREDIENTES

  • 01 PEIXE (PACÚ) OU QUALQUER OUTRO PEIXE PARECIDO TAMANHO MEDIO

  • 01 LIMÃO

  • 01 CEBOLA GRANDE

  • 03 TOMATE

  • ALHO PIMENTA DO REINO A GOSTO, PARA TEMPERAR

  • TEMPERO PRONTO A GOSTO

  • MARGARINA

MODO DE PREPARO

  1. AMASSE O ALHO JUNTO COM O TEMPERO PRONTO E A PIMENTA DO REINO, DEPOIS DE AMASSADO JUNTE COM O CALDO DO LIMÃO E TEMPERE O PEIXE , DEIXE O TEMPERO AGIR POR 30 MINUTOS.
  2. CORTE O TOMATE EM CUBOS PEQUENOS , CORTE A CEBOLA EM CUBOS BEM PEQUENOS
  3. TEMPERE COM SAL E UNS 3 PINGOS DE LIMÃO E COLOQUE DENTRO DO PEIXE , PASSE MANTEIGA DOS DOIS LADOS DO PEIXE, EMBRULHE NA FOLHA DE BANANEIRA E COLOQUE NA CHURASQUEIRA PARA ASSAR. DEPENDENDO DA BRASA DENTRO DE UMAS 2 HORAS ESTARA PRONTO.

Primeiro Food Park na cidade de Várzea Grande no MT traz comidas típicas, doces e lanches

Com as portas abertas desde novembro do ano passado, o primeiro Food Park de Várzea Grande têm   diversas opções de hambúrgueres, comida típica, doces artesanais, sacolé gourmet suco natural, artesanatos em geral, pizza de rua e churros. O local é coordenado pela microempresária   Thandara   Moriele   e traz mais uma alternativa aos várzea-grandenses se divertirem aos finais de semana.

 O Food Park Aeroporto está localizado   no antigo Kart da cidade, atrás do Várzea Grande Shopping e próximo ao Aeroporto Marechal Rondon. Estarão no local: Zé Ninho doces artesanais, Bem Gelado Sacolé Gourmet, Top Churros, Doce Mordida, Rogers, Rosana Pavão Comidas Típicas, Tapiocaria Maria Bonita, Cozinha dos Fundos, Barba, Grelha e Bigode, Tocera Pizza de rua, Kombeer, Hello Food, Maria Gracinha e artesanatos em geral.

 O local vai dispor de estacionamento gratuito, e entrada franca todos os domingos, das 18h às 00h. Este é o primeiro Food Park da cidade, que é a segunda maior de Mato Grosso, com quase 300 mil habitantes.

Mania

 A febre dos Food Trucks começou no país no início de 2015. Em Cuiabá, por exemplo, existem pelo menos dois Food Parks fixos e outros diversos itinerantes. Um ‘Food Park’ é um espaço, que reúne pessoas da área gastronômica que produzem comida com ingredientes mais elaborados, mas de forma rápida e em pequenos caminhões. 

Da redação


Página 1 / 4

Próximo »

Copyright  - MT HOJE  - Todos os direitos reservados